Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a dESarrumada

Citações minhas: "eu se não gostasse de meter aqui baboseiras pessoais já há muito que não tinha um blog... é que sinceramente, não tenho mais nada de interessante para escrever."

a dESarrumada

Citações minhas: "eu se não gostasse de meter aqui baboseiras pessoais já há muito que não tinha um blog... é que sinceramente, não tenho mais nada de interessante para escrever."

30
Jun15

Masturbar... lavam as mãos no fim?

Nunca vos presenteei com um post dedicado a este tema por isso aí vai! Hoje a desarrumada fala sobre: masturbação!

Masturbação, direccionado para as mulheres é mais conhecido como "coçar o grelo", e para os homens "bater uma punheta".

Esse bem tão necessário, e que todas as moçoilas negam fazer, e que todos os moçoilos afirmam a plenos pulmões fazer com a mesma frequência com que coçam os tomates, é usado nas horas vagas, nas horas menos vagas, solteira/o, casada/o, viúva/o, não escolhe etnia, credo ou crença política.

Pode ser feito acompanhada/o e/ou sozinha/o. É bom, muito bom. Eu cá prefiro fazê-lo à noitinha, mas qualquer hora do dia é boa para uma boa esfregadela. Como rapariga, por vezes sinto necessidade de usar objectos, e entre algumas coisas que já experimentei, nunca me dediquei aos legumes, porém, já experimentei muitos outros objectos do quotidiano. Os quais não vou revelar para já! E quanto a sex toys, bem, espero que a pessoa que os inventou tenha um lugarzinho no céu. Daqueles com direito a trono de ouro e tudo.


 


No entanto, como menina tradicional que sou (coff coff), não há nada como um bom trabalho de dedos e dar azo à imaginação. Gosto de pensar que estou a ser bem comida à bruta, por um qualquer rapaz jeitoso que nesse dia decida surgir na minha mente perversa. E é isto. Admito que às vezes estou com tanto sono que até tenho preguiça de ir lavar as mãozitas, mas lá vou eu toda contente, qual menina bem comportada. 



E pronto, no final deito-me em conchinha e durmo.

26
Jun15

Ode aos tomates. E a quem não os tem.

Ai, tomates, tomates...
Só quem não os tem é que lhes sente a falta.
Tomatinhos, tomatões, tanto faz,
Para os mostrar é preciso ter lata.

Por vezes dou por mim,
Com grande insatisfação,
A querer mandar uma bojarda,
E os tomates lá não estão.

Dizem que se ganham os ditos com a idade,
Pois bem, eu agora estou lisinha, lisinha, 
Mas queria ganhar a coragem,
De mandar tudo pó caralho, mas com gracinha.

É vê-los a andar por aí,
Com extrema subtileza,
A dizer as verdades cruéis,
Como quem mete as cartas na mesa.

Eu cá não me deixo ficar,
Mas ás vezes ando a dormir,
Só me falta para acordar,
Os meus tomates descobrir.



Pois claro! Está tomada a decisão,
Para na vida vencer,
E não deixar que me esmaguem no chão,
Os tomates vou deixar crescer!


 


tomates.jpg

25
Jun15

Tag amo/odeio

Hello maltinha da pesada, sei que tenho andado uma destrambelhada nestas coisas dos desafios. Prometo que vou tentar ser mais assídua nestas coisas. Basicamente dei o nome de desarrumada ao blog, quando o nome dado devia ter sido, claramente, a despistada! 

Quem me nomeou foi o amável Minion, e o desafio consiste em:



  • Responder à tag no teu blog sobre 10 coisas que amas e 10 coisas que odeias;

  • Nomear 10 bloggers;

  • Mencionar o blog que te nomeou.


 


10 COISAS QUE AMO


- Sexo,


- Chocolate,


- Verão, sol, calor e praia, em boa companhia,


- Passeio a pé por sítios históricos,


- Deixar uma marca nas pessoas que amo,


- Ler,


- Ver séries/filmes,


- Escrever no blog (embora ande bastante ocupada ultimamente),


- Apaixonar-me,


- Amizades para a vida.


 


10 COISAS QUE ODEIO


- Pessoas falsas,


- Pessoas que acham que sabem tudo,


- A distância física das pessoas que gosto,


- Pobreza monetária e de espírito,


- Ficar sem bateria no telemóvel (uso muito para tirar fotos),


- Alcachofra,


- Chocolate com cenas (avelâs, passas, etc),


- Quando alguém promete que faz algo e depois não cumpre,


- Lavar a louça,


- Arrumar coisas.


    


Nomeio para este desafio: ninguém, porque acho que já quase toda a gente que sigo respondeu a algo deste género!

Beijinhos e boa noite meu queridos! Espero que andem a aproveitar o verão para se divertirem e fazerem umas marotices!


 

18
Jun15

Bio-Oil: a desarrumada também experimenta coisas da moda

Tenho ouvido falar imeeenso deste óleo, e bastaaaantes meninas famosas falam dele nos seus vlogs, blogs, instagram e tudo que sejam redes sociais. A desarrumada não quis ficar atrás e decidiu experimentar. Comprei logo dois frascos de 200ml cada um, só por causa das coisas e para mostrar que não brinco em serviço!


 


Bio-Oil-125ml-3-746x1000.jpg


 


A parte mais difícil: aplicar isto pelo menos 2x por dia (já sabem como sou despassarada!)


A parte mais fácil: imaginar-me com estas estrias irritantes que tenho no rabo mais disfarçadas. 




Neste momento estou em modo: à espera de um milagre!


 

16
Jun15

Longe.

Longe, esse conceito tão relativo. Assustador ao mesmo tempo. Porque tinhas que estar aí e eu aqui? Sei que pode ser o sono a falar, como sempre é, porque tenho sempre sono. Mas gostava que estivesses mais perto, gostava de te conhecer mais perto, falar contigo mais perto e sentir-me mais perto.

Que conceito de merda. Longe, que porra é essa? Longe pode ser estares noutro país. Longe pode ser estares noutra cidade. Longe pode ser estares noutra casa. Longe pode ser estares no quarto ao lado. Longe pode ser estares ao meu lado na cama.

Sei que estás longe, e que toda esta história é impossível. Como todas as outras histórias em que desejei ser a protagonista.



Sei que não vais mudar-te, e eu também não. Pois sei, claro que sei! Porque continuo então? Sou masoquista, parva e estúpida. Devia ficar quieta no meu canto, no entanto, corro atrás da ilusão do que poderia ter sido se o longe não existisse. Pareces ter tudo aquilo que desejo, mas pode ser só o longe a dizer-me isto. Talvez o perto seja um gajo mais sensato. Pena nem sempre o perto estar quando precisamos dele. Por vezes só resta o longe, e o cada vez mais longe. 

Não sei como mudar isto. Acho que esta batalha é mais outra que vou perder. Sei que pode ser o sono a falar, como sempre é, porque tenho sempre sono. Mas gostava que estivesses mais perto! Porque tinhas que estar aí e eu aqui?

14
Jun15

Porno: vista pelos olhos de uma mulher #3

Meus caros, como sabem gosto de discutir assuntos pertinentes com a malta. E um assunto que a-do-ro discutir é: SEXO! Nomeadamente as categorias mais conhecidas dentro dos sites porno. Este post é a terceira parte de uma sequela (que vocês tem adorado meus malandrecos!) e que já acompanha o início do Blog! Aliás, foi para partilhar este tipo de merdas que criei este espaço das internetes tão por mim adorado! Podem rever a parte 1 e a parte 2 se andaram mais distraídos!

Admito que as cenas mais importantes (mais banais portanto) foram já discutidas, por isso vou falar das menos mainstream, aquelas que só uma minoria gosta (penso eu, que eu não sei tudo que vai na cabeça da malta, tá??) mas nem por isso são menos interessantes! Como se costuma dizer, a cada macaco a sua banana. E eu cá gosto das minhas bananas bem grandes!

Lesbian:
Uma categoria que fala por si, são mulheres em plena actividade sexual umas com as outras, é tesoura para cá, é lambidela para lá, é dedos por todo o lado. Quem nunca viu que atire a primeira pedra! Mas uma pedra pequena, tá? Os homens adoram esta categoria, e alguma mulheres dizem que "ah e tal, eu não gosto de nada disso!!", mas já deram a sua espreitadela! Dildos com duas cabeças são algo extremamente habitual, as meninas gostam de partilhar o mesmo brinquedo. Não as censuro, assim dá menos trabalho a arrumar!

Public:
fazer sexo no autocarro em pleno horário de trabalho parece-me ser algo a experimentar não acham? Ou sexo na varanda da sala, no terceiro andar, num prédio virado para um bairro social? Ou sexo no estacionamento do Lidl? Bem, fica ao vosso critério, desde que o façam num sítio com bastante afluência, a uma das horas mais movimentadas do dia.

For Women:
como diria o nosso "querido" Christian Grey: sexo baunilha! Tão baunilha que até enjoa. É beijinhos para lá, é abracinhos para cá. Quem vê passa o tempo todo a pensar: "então mas nem uma palmadinha?", "nem um empurranço mais à bruta?", "que porra é esta?", "parecem os meus avós que têm prótese da anca e 105kg a fazer amor". Sim, meus caros, ao que parece há por aí mulheres que gostam de coisas muito, muito calmas e românticas. Bicho raro, mas existe.

Orgy:
o próprio nome diz tudo, ao contrário do gangbang já falado anteriormente, nas orgias toda a gente fode toda a gente. Enquanto que no gangbang existe uma "vítima" preferencial, neste género podemos visualizar, normalmente, um bando de pessoas fechados numa sala (muitas vezes em festas que se assemelham a reuniões de negócios com direito a cocktails a passear pela sala) a pinar desalmadamente com qualquer criatura que lhes apareça à frente. Modernices é o que tenho a dizer.

Interracial:
sexo entre pessoas de "raças" diferentes. Seja lá isso o que for, uma "raça". Normalmente é um gajo muita escuro a foder desalmadamente uma rapariga muita pequena e branca. Mas isto é a minha interpretação da coisa.

Bukkake:
nem sei por onde começar com esta categoria. Isto faz-me lembrar aqueles aniversários em que toda a gente decide atirar uma tarte para cima do aniversariante. Com algumas diferenças... o aniversariante é uma gaja ajoelhada no chão, os convidados são gajos dispostos em círculo e de "bráulio" apontado para a frente, e a tarte... bem, essa já todos imaginam o que é. Após pesquisa vi que isto supostamente começou no Japão, como forma de castigar uma mulher adúltera. E hoje em dia, será que continua a ser considerado um castigo?

POV:
siglas para "point of view". Nesta categoria tudo o que aparece no écran é filmado do ponto de vista do "macho". Basicamente, consiste numa pachacha filmada de perto, DEMASIADO perto, e o objectivo é levar o "espectador" a imaginar que está a fazer a mesma coisa que no filme. Bem, gostos não se discutem, e cada um sabe o que gosta de ver. E duvido que a maioria dos homens tenha uma pila do mesmo porte que a do autor do vídeo. 

Voilá!!! A parte 3 está completa, admito que demorei um pouco a fazer este post, pois tamanha dádiva de informação exige alguma pesquisa, até vindo de mim, claro está! Como já disse antes, ninguém sabe tudo, ninguém pode saber tudo, e se alguém souber tudo, quero conhecer essa pessoa para lhe perguntar quando fico rica.

Boa continuação de domingo, aproveitem bem estes dias de sol (ou não) para fazer umas coisas mais malandrecas ao ar livre. Beijos na bunda!

Pág. 1/2