Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

a dESarrumada

Citações minhas: "eu se não gostasse de meter aqui baboseiras pessoais já há muito que não tinha um blog... é que sinceramente, não tenho mais nada de interessante para escrever."

a dESarrumada

Citações minhas: "eu se não gostasse de meter aqui baboseiras pessoais já há muito que não tinha um blog... é que sinceramente, não tenho mais nada de interessante para escrever."

25
Out15

A esta hora o Camões está a dar voltas no túmulo.

Hoje vi uma pérola no Facebook que queria partilhar com vocês:



BOA TARDE por a caso sabem se o Sr. Vitor do restaurante XXXX já tem o restaurante dele haverto ? caso sim onde fica obrigado




Sim, o verbo "havrir" vem para ficar. Habituem-se à ideia e conjuguem comigo:



Eu havro


Tu havres


Ele havre


Nós havrimos


Vós havris


Eles havrem



Que categoria.

25
Out15

O sexo pela porta dos fundos.

Acho que já me pronunciei aqui algumas vezes sobre este assunto, mas nunca falei das minhas experiências pessoais. Ora bem, como sabem sou uma rapariga muito open-minded (espero que o SAPO não me bloqueie o blog depois deste post, muito sinceramente) e já experimentei quase tudo que havia para experimentar (QUASE TUDO significa que ainda há umas coisitas que quero experimentar na vida que tenho pela frente, mas que de uma forma geral já experimentei os "básicos" do sexo). 

Anal é bom, se for bem feito. E nisso o meu primeiro namorado era mestre. Sim, eu era daquelas meninas muito bem comportadas que queria casar virgem (sim, podem rir), e por causa disso, o meu 1º namorado esse desgraçado, não teve sorte nenhuma na porta da frente. Só fizemos anal. Porque a dESarrumada não queria rebentar o hímen, mas porra, se soubesse o que sei hoje tinha começado com ele. É que namoramos 3 anos, 3 anos sem sexo normal! E acabámos sem nunca o fazer. Escusado será dizer que perdi a virgindade com o primeiro rapaz que arranjei depois dele, numa noite de bebedeira na universidade. As escolhas de adolescente são sempre estúpidas. Já os outros diziam "caloiro é burro, caloiro é burro e há-de ser".

Desde essa altura que tenho feito sempre que posso, mas um dos meus ex-namorados detestava a porta de trás, dizia que era nojento, que era por lá que saia o cocó e mais umas quantas tretas. Resumindo, lá fizemos mais ou menos na altura em ele me pediu um tempo, e bla bla bla, acho que já contei aqui a história deste meu ex que me fez sofrer para caralho (este foi o que me deixou no meio da rua em plena discussão), mas que depois veio pedir para continuarmos a fazer sexo, já depois de acabarmos, e a dizer que estava disposto a fazer anal comigo e que adorava o meu rabo. Pois bem, nessa altura mandei-o a ele apanhar no cuzinho!

Vou armar-me em pró da coisa e dizer: se não estiverem relaxadas esqueçam, se não estiverem bem excitadas esqueçam, se o moço for daqueles que gosta de ir com demasiada sede ao pote esqueçam, se não houver um bom lubrificante esqueçam... confiem em mim, a coisa com saliva não vai lá, parece que vai, mas seca num instantinho e depois dói muito. 

Pronto, já dei a minha contribuição para o lado perverso deste blog, lado esse que tenho desleixado um pouco... deve ser por só fazer sexo quando vou a Portugal. Que secura de pila que para aqui anda. Valha-me o dildo com 23 cm que encomendei no verão para ir treinando para o Plutónio. Acho que vou dar-lhe o nome de Salvador da paxaxa, por motivos óbvios.

24
Out15

Eu já... #3

... comi, no mesmo espaço de meia hora, um pacote de batatas fritas e uma tablete e meia de chocolate Milka. E na sexta feira passada comi 3 fatias de bolo de chocolate e 2 croissants de chocolate ao lanche no trabalho. Entre outras situações de exagero, como comprar uma pizza tamanho familiar e comê-la toda de uma vez, ou pegar num pacote de bolachas, dizer para mim própria "é só uma" e dar por mim 3 minutos depois a ir buscar o pacote e comê-lo todo de rajada, ou beber uma coca-cola de 1 litro ao lanche, só porque sim.


Sim, o binge eating é terrível, admito que sofro deste mal. Por acaso nunca me deu para andar a vomitar depois dos excessos, mas o sentimento de culpa é terrível.Tento alimentar-me de forma saudável e fazer exercício regularmente, mas de vez em quando lá vem um momento ou dois em que nem penso, parece que nem sou eu própria. É continuar a "lutar" para que estes momentos sejam cada vez menos frequentes.

23
Out15

Desta vez a falta de tempo tem um motivo.

Mais uma para o rol das desculpas... inscrevi-me numa formação com uma formadora Irlandesa e a senhora muito amavelmente enviou uns artigos de preparação para irmos com umas "luzes" sobre o que vamos aprender. Curiosamente, abro um dos artigos, e tem 132 páginas! Coisinha pouca portanto... a sorte da senhora é que até gosto (bastante) do tema do artigo, se não partia-lhe as "bentas".

16
Out15

O facebook passou-se.

E não é que ontem dei por mim a ouvir um barulho esquisito a vir do computador, e quanto fui ver eram as mensagens do chat do facebook... Fiquei em choque! Então eles mudam o som daquilo e não avisam ninguém? O barulho do messenger do Zuckerberg perdeu-se para todo o sempre? Trocaram aquele som imponente por esta coisita simples e insossa? 

Estou em choque, mandem daí um copinho de água com açúcar que eu vou ter um "cardiaque", como dizia a outra.

Pág. 1/2